domingo, 25 de janeiro de 2015

O amor e a diferença de idade



Tenho observado que esse tema já foi polêmico mas hoje em dia já não é mais e se tornaram cada vez mais frequentes a união entre pessoas de diferentes idades. Eu li muitos artigos sobre esse tema e já tive essa experiência na minha vida. 
Falar de amor é sempre um tanto subjetivo. Cada um ama a seu modo e de acordo com seus valores.Mas o fato é que alguns racionalizam o sentimento e outros não.
O que eu quero dizer é que num sentido geral, amor a gente sente e não escolhe por  quem sente mas algumas pessoas exercem um controle racional e seletivo no tocante aos sentimentos. Assim, essas pessoas em se tratando de relacionamentos afetivos se tornam seletivas seja quanto ao aspecto físico, cultural, intelectual, etc e dentro disso, também com relação à idade, ou seja, uma idade superior, igual, ou inferior.
Nada contra, mesmo porque cada ser vivente possui sua própria personalidade e seu jeito de ser e sua essência é sagrada. Além disso, quando se trata de sentimentos, eu penso que não existe certo ou errado.
Bom, mas o fato é que muita gente ainda encara a diferença de idade entre os casais como um tabu, com um certo preconceito enfim, seja a que título for e seja qual for a justificativa, não só pela minha experiência num relacionamento em que o namorado era mais novo do que eu como também por outros relacionamentos de que tenho conhecimento no meu círculo familiar e de amizade, cada vez mais desaparecem as razões para se ver na diferença de idade um problema.
Numa época da minha vida, namorei um cara bem mais novo do que eu. Na verdade, sou uma pessoa tão desencanada com a opinião alheia e tão centrada em mim mesma que nunca me importei com o que as pessoas iriam pensar ou iriam dizer. Eu cursava o segundo ano da Faculdade e ele estava cursando o primeiro ano do colegial.
Ao contrário do que se possa imaginar, Flávio (era o nome dele) era uma pessoa muito mais responsável , muito mais organizado, muito mais disciplinado e centrado, do que eu que aliás nunca tive lá muito juízo. Chegava a ser impressionante a maturidade dele em todos os aspectos da vida.  Flávio era divertido, carinhoso e gostava de viajar, de sair, de curtir a vida mas tudo em doses de perfeito equilíbrio e sensatez. Eu era justamente o oposto, não tinha hora para nada, não era focada e vivia a vida ao toque de uma flauta. (kkkk) E me apaixonando por ele é que fui aprendendo é que fui despertando essas qualidades em mim que aliás me conduziram muito bem em busca dos meus objetivos de vida até hoje.  Lembro que muita gente me dizia: "mas Vivi, como você consegue conviver com um cara que nem pode dirigir ainda?" Como...? Eu digo pra vocês: aprendi a não ser tão dependente de carro e que caminhar faz bem pra saúde(kkkkk).  O fato é que éramos apaixonados sim e diferença de idade para nós não era problema e sim somente nos acrescentava como seres humanos. Creio que teríamos nos casado e nossa história teria o final dos contos de fadas. Infelizmente, Flávio faleceu, vítima de uma acidente de carro. Entrei numa depressão terrível a ponto de sair de mim. Aliás há uma música que expressa muito bem o sentimento da gente quando perde um grande amor em nossa vida, vou até postar aqui:




Fechando os parênteses, quando perdi Flavinho passei a me sentir exatamente pela metade e exatamente como diz a música que sempre me provoca a lembrança de tudo mas tive que abrir esse parênteses para chegar ao que intenciono abordar. Então tive a verdadeira noção do significado do nosso relacionamento e via de consequência, concluí que apesar da diferença de idade entre nós, sendo eu a mais velha, o que resultou para mim dessa relação foi um grande aprendizado que permaneceu em minha vida como uma importante e por que não, a mais importante referência de todas e que não se compara a nenhum dos meus relacionamentos posteriores.
Da parte dele, os amigos e familiares receberam nosso relacionamento com naturalidade e sem nenhuma ressalva, tanto que apesar da ausência física dele, a amizade permaneceu entre nós todos.
E bem assim, como eu disse antes, casais em que há diferença de idade , pelo menos no meu círculo familiar de no círculo de amizades, vivem em plena harmonia.
Eu penso que para que essa diferença vista por alguns como um problema em face dos interesses pessoais característicos da idade de cada um é o fator relevante e que para  ser superado deve ser tratado de uma forma compreensiva e solidária. Por sua vez, quem ama de verdade, é compreensivo e solidário.
Não só num relacionamento onde existe uma razoável diferença de idade mas como em todo relacionamento, penso que existe algo fundamental que se preservado, com certeza resultará em harmonia e prosperidade. E esse algo é a preservação da individualidade de cada um. Em outras palavras: ambos devem manter um tempo para si mesmos, para seus amigos, para seus familiares, para seus lazeres, enfim, amar um ao outro não quer dizer desligar-se do mundo, não quer dizer renunciar a si próprio. 
E se existe essa preservação, todo e qualquer relacionamento prospera, especialmente relacionamentos em que há diferença de idade.
Acrescento ainda, que quando você deixa de se preocupar com essa diferença, a própria vida se encarrega de colaborar para que a relação se convalide. Quando o amor acontece e realmente é verdadeiro, tudo o mais são detalhes, meros detalhes diante dos quais a força  e o poder de um sentimento verdadeiro jamais vai sucumbir.
Nossa sociedade vem evoluindo nesse aspecto, aliás em outras culturas antes tão conservadoras e cheias de preconceitos, esse especialmente já vem perdendo lugar porque hoje mesmo aqueles que racionalizam o sentimento e que são seletivos no que diz respeito à idade, já deixaram de persistir nesse fator dada a constatação da total irrelevância e até dos benefícios em termos de experiência pessoal que isso pode resultar para ambos.
Então, apenas viva e como dizia Flavinho: "Amo e pronto."
Amor eterno Flavinho!


sábado, 24 de janeiro de 2015

E como dizia a vovó....




Olha só, hoje eu quero falar de uma coisa interessante. Uma coisa que alguns chamam de superstição, outros de conselhos, outros de bobagem, enfim, cada um crê naquilo que sente como verdade.
Eu já disse aqui no meu blog que só escreve naquilo que acredito e que já vivi, já experimentei e passou a integrar minhas convicções.
Amo minhas avós e meus avôs. Mesmo que já não se encontrem aqui no plano terreno, ainda consigo sentir o carinho, o afeto e a proteção que eles me dedicam.
Lembro com saudade, todos os momentos que passei com eles. Guardo como um tesouro tudo o que me ensinaram.
Avós são tudo de bom, né gente? E quem não lembra de um conselho, de um ditado, ou de uma simples frase que dizia sua avó ou seu avô e que em certos momentos da vida, por mais que chamem de crendice, superstição ou fantasia, de repente faz todo sentido?
Pois é. Para mim além de fazer sentido, funciona até como uma intuição. Eu considero a intuição assim: como se a alma da gente desse um pulinho rápido no futuro e voltasse avisando a gente de alguma coisa. 
Minha avó dizia:
- quando sua mão direita coçar, ou você vai ganhar dinheiro ou um presente.
- quando a mão esquerda coça, você vai ter uma despesa extra.
- quando uma borboleta entra em casa você terá uma notícia ( não necessariamente ruim)
- quando uma borboleta te ronda, é alguém que quer falar com você
- quando sem perceber você veste uma roupa do avesso, vai ganhar outra
- derrubar sal sempre traz alguma situação desconfortável
- derrubar açúcar terá um acontecimento feliz
- talheres que caem, visitas inesperadas
- tesoura aberta, vai ter briga
Essas são as principais que sempre me lembro e que realmente fazem todo sentido pra mim porque realmente pra mim acontece. Sei que muita gente considera isso meras crendices populares. Mas não me importa o que consideram. Me importa que pra mim são como insights e de uma certa forma me previnem e nunca falharam.
É claro que algumas das que já ouvi, não da minha avó mas de outras pessoas, como: passar debaixo de uma escada, ou ver um gato preto ou quebrar um espelho traz azar, essas embora testadas por mim, não funcionaram comigo (kkkkk). Adoro gatos e ao contrário do que dizem ,  gatos sempre me trouxeram é muita sorte tenham eles a cor que tiverem. Já quebrei muitos espelhos e passei debaixo de muitas escadas e apesar disso bons acontecimentos ocorreram.
Existem muitas outras que fui aprendendo sozinha porque de tanto observar as repetições e frequencia com que acontecem, eu mesma as tenho comigo e numa outra oportunidade, vou postar.
Mas fica aqui como uma dica para quem acredita.

Continuando com os trabalhinhos extras.




Voltando a falar dos trabalhinhos extras para ganhar uma graninha. Como eu disse no post anterior, a área gastronômica é , sem dúvida, a melhor para render im dinheiro extra. Para tanto, você não precisa ser nenhum especialista em nutrição ou algo dessa natureza. Basta observar certas regras fundamentais como a data de validade dos produtos que você vai usar, bem como, a higiene na preparação, o modo de conservar tanto os produtos que você usa como as quantidades que você prepara. Eu penso que nesse sentido, você deve preparar os alimentos com os mesmos cuidados que teria para prepara-los para você ou sua família.  De acordo com a estação climática se torna mais fácil a escolha, por exemplo, no verão, principalmente nos dias atuais em que as temperaturas estão altíssimas, a pedida é sorvete. Inúmeros são os sabores e a preparação do sorvete não é difícil.  No final dessa postagem vou indicar algumas receitas que você pode variar de acordo com seu próprio paladar e que poderá até mesmo destacar seu trabalho.
Para vender qualquer produto, sugiro que você dê para pessoas da sua região experimentarem gratuitamente e também nos locais em que seu produto é vendido, juntamente com seu contato.
Você pode se perguntar: mas existem tantas marcas famosas e populares de sorvete industrializado, por que se interessariam pelos meus?
Gente, concordo sim mas se você caprichar na embalagem, nas cores, no paladar, saiba que pode ser muito bem sucedido porque afinal como dizia minha avó: "o que seria da cor verde se todo mundo gostasse da azul"?
E bem assim, não venha me dizer que as marcas famosas começaram instalando a fábrica e no dia seguinte fizeram sucesso.
Então, abaixo estão algumas dicas:
1- Esta aqui é uma receita básica de sorvete tipo industrial:
Ingredientes
500 ml de leite integral (leite de vaca)
1 caixa de creme de leite
1/2 lata de leite condensado
10 colheres de sopa de açúcar
1 e 1/2 colher de sopa de pó para sorvete com sabor de sua preferência
1 colher de sopa bem cheia de liga neutra
1 colher de chá de emulsificante
Modo de preparo:
Bata no liquidificador o leite, creme de leite, leite condensado, açúcar, pó para sorvete, e a liga neutra, por 5 minutos em alta rotação, essa mistura chamaremos de base
Coloque a base para congelar
Após congelada a base, com o auxílio de uma tabua e uma faca grande, corte tudo em cubinhos pequenos
Coloque a base já toda em cortada em cubos, na batedeira e adicione o emulsificante
Comece a bater em velocidade baixa, para não forçar muito a batedeira, por aproximadamente 6 minutos
Após isso bata em velocidade máxima a mistura na batedeira e por 14 minutos, ou até verificar que a mistura se encontra isenta de cristais de gelo
Estando lisa e homogênea, está pronto
Coloque para congelar, e está pronto para servir
Esta receita é muito cremosa e saborosa.
** você pode fazer esta receita em vários sabores, já que existem muitos sabores do pó para sorvetes******
Sugiro que use como embalagem os potinhos, que você encontra em casas especializadas,  por ser mais prático e mais atraente, também mais prático para armazenar e evita-se incidentes já que o picolé quebra, cai, escorre  e bem assim, muitas vezes acaba-se perdendo o produto. 
Use e abuse das coberturas.  Aqui encontrei na internet algumas que fiz e deu certinho:
Como fazer
Caldas para Sorvetes - 4 receitas:
 1-CALDA DE CARAMELO - 1 1/2 xícara de açúcar - 01 xícara de água Preparo Leve ao fogo, espere ferver e dê o ponto de calda.
2- CALDA DE CHOCOLATE Ingredientes - 08 colheres de chocolate em pó - 08 colheres de leite - 08 colheres de açúcar Preparo Misture os ingredientes e leve ao fogo, até derreter.
Passe na forma, e coloque o sorvete.
Deixe gelar, e desenforme.
Obs- Se quiser, assim que colocar a calda, espalhe um pouco de biscoitos picados e misturados com castanhas de caju e depois, coloque o sorvete.
3- CALDA DE SORVETE Ingredientes - 250 ml de leite - 01 xícara de chá de açúcar refinado - 02 colheres de sopa de glucose de milho - 50 g de margarina - 100 g de chocolate cobertura de leite - 50 g de chocolate em pó Modo de preparo Leve ao fogo o leite com açúcar, a margarina, o chocolate cobertura, o chocolate em pó, a glucose e deixe ferver.
Abaixe o fogo e mexa por alguns minutos.
Guarde em potes na geladeira para utilizar sobre sorvetes 
4-CALDA DE MARACUJÁ Ingredientes - 1/2 xícara de chá de suco de maracujá - 1/2 xícara de chá de água - 02 colheres de sopa de açúcar refinado - 01 colher de sopa de amido de milho - sementes de 2 maracujás Modo de preparo Misture o suco, a água, o açúcar e a amido de milho, e leve ao fogo até engrossar.
Retire e junte as sementes de maracujá.
Receita de autoria da professora Miriamd Teixeira, que é bacharel em nutrição e dietética.
É culinarista do programa Mais Você da Rede Globo.
Ministra aulas em Supermercados e no SESC, com o patrocínio de diversos produtos alimentícios.
Mas se você não quer fazer sorvete, pode optar pelas sobremesas geladas, que também são bem consumidas no verão. No próximo post vou indicar algumas receitas.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Mahabharat, o grande Épico.

Gente, lá no meu site estamos traduzindo o Seriado Mahabharat 2013, apresentado pela StarPlus. Mahabharat apresenta a história do trono de Hastinapur, o reino governado pelo clã Kuru Kauravas e Pandavas onde irmãos competem pela regência. Ambos Duryodhan e Yudhisthir afirmam ser o primeiro na linha de sucessão ao trono.
Quando Bhishma pediu a mão de Gandhari em casamento para seu sobrinho cegar Dhritarashtra, seu irmão Shakuni ficou furioso. Mas depois ele concordou quando Bhishma os convenceu de que Dhritrashtra seria o futuro rei de Hastinapur. Durante a cerimônia de coroação, o irmão mais novo de Dhritrashtra, Pandu foi coroado rei com a alta interfluenceia de Vidura (outro irmão mais novo de Dhritrashtra).Shakuni sentiu que foi enganado e  ele jurou a si mesmo que iria destruir a raça Kuru. Ele plantou as sementes da batalha climática durante a adolescência dos Kauravas (Filhos de Dhritarashtra) e os Pandavas (filhos de Pandu) envenenando a mente de Duryodhan, o mais velho dos Kauravas contra os Pandavas.Isso resultou na Guerra Kurukshetra, onde Krishna transmitiu o Bhagwad Gita à Arjuna seu primo Pandava. A batalha resultou na morte de Bhishma Pitamah; Karna entre muitos. Todos os filhos de Dhritarashtra e Gandhari morreram na guerra.
É um épico muito interessante, especialmente pelos ensinamentos contidos no texto sagrado que é o Bhagwat Gita e transmitidos pelo grande Avatar Krishna.
Quem se interessar, acesse nossa página no Facebook. Lá estão os DVDs que traduzimos e legendamos.

http://zip.net/bqqpPX

Aqui vou postar os temas de alguns dos principais personagens, com as respectivas traduções que fiz.

Este é o tema do Filho do Sol (Surya Putra):








Suryaputra karna..
Karna é filho do Senhor Surya (Deus Sol)
Parshuram shishyaha karna..
Karna foi aluno de Parashurama
Suto va sut putro vayo
A casta divina escolheu-o como seu filho
Vakova bhavamyaham..
Com as competências e habilidades sobrenaturais
Daiva yettam
A Excelência entre os Deuses
Kule janm Madayettam
Embora abandonado após o nascimento numa boa casta
Tu paurusham Paurusham paurusham..
Ele é cheio de energia positiva
Suto va sut putro vayo
A casta divina escolheu-o como seu filho
Vakova bhavamyaham..
com as competências e habilidades sobrenaturais
Daiva yettam
Excelência entre os Deuses
Kule janm Madayettam
Embora abandonado após o nascimento numa boa casta
Tu paurusham Paurusham paurusham..
Ele é cheio de energia positiva






Este é o tema do grande arqueiro Arjuna:




Gandiv dhaari arjuna aa aa..
Saudações para Arjuna o dono do arco Gandiwa (arco presenteado pelos Deuses)
Mahesvashaa dhananjaya aa aa..
O poderoso arqueiro Dhananjaya (energia relacionada à concentração do olhar)
Gandiv dhaari arjuna Aa aa..aa aa..aa aa..
Saudações para Arjuna, o dono do arco Gandiwa
Mahesvashaa dhananjaya
O poderoso arqueiro Dhananjaya
Tato Arjunaha Brit manaa bhabhurvah
Então, alegrai-vos, ó Arjuna
Vightajwarah Krishanashchasatya
O verdadeiro amigo de Krishna não conhece o desespero
Vaghha sindhhtyovi
Dono de uma beleza profunda.
Bhavita arjunha
Abençoado Arjuna
Gandiv dhaari arjuna aa aa..
Saudações para Arjuna o dono do arco Gandiwa
Mahesvashaa dhananjaya aa aa..
O poderoso arqueiro Dhananjaya
Gandiv dhaari arjuna Aa aa..aa aa..aa aa..
Saudações para Arjuna o dono do arco Gandiwa
Mahesvashaa dhananjaya
O poderoso arqueiro Dhananjaya


E este é o tema da linda e corajosa Princesa Panchali:








Roshani ki tarah gyan ka utsaah bhara
Com o brilho e o calor do conhecimento
Har taraf hain sab naya
Em cada lado tudo é novo
Kab main khelun bachpan
Diferente das brincadeiras infantis
Nayi nayi tasveere naye rango ka ujala
Novas imagens, novas cores e uma nova luz
Agni meri bhagya rekha
Meu destino deriva do fogo
Main draupadi jisne bachpan nahi dekha
Eu sou Draupadi e não tive infância
Main draupadi jiki agani hain bhagya rekha
Eu sou Draupadi e nasci do fogo
Kumari Chapi Panchaali
A donzela do arco de Sagitário, a Princesa de Panchali
Vedimadhya Samoshita
Ela nasceu do fogo sacrificial
Sumbhagaa Darshiniaangi
Ela é a fonte da fortuna, a mais bonita de se ver
Vedimadhya Manorama
A mulher mais linda que nasceu do fogo sacrificial
Shiyaama Padm Palashakshi
Ela é morena e seus olhos são duas pétalas de lótus
Neel Kunchita Mudhaja
A única morena com os cabelos enrolados
Manusam Vingraham Kritva Saksad Amara Varnini
A mulher que nasceu num corpo humano, numa casta de mortais.
Neelotpala Samghandho
Ela tem a fragrância do lótus azul
Yasaha Proshaat Pravaayati
Ela nasceu como uma mulher adulta
Ya Bibharti Param Rupam, yasya Nasti Upama Bhuvi
Não existem palavras para descrever a beleza dela                                                                                                                                                                                                                                                                          

domingo, 11 de janeiro de 2015

Tradução de músicas que eu gosto.



Em se tratando de música, gosto de tudo um pouco.
Eu acho que a música faz bem para a alma, para o coração, distrai, diverte, enfim, é como uma terapia que não custa nada, não tem contra-indicação e muitas vezes acaba sendo um modo de nos expressar. Eu adoro música.
Entre todos os estilos, prefiro a música romântica e o romantismo da música indiana a tornou predileta.
Aqui no blog, no player, tenho essa música que amo de paixão e que é tema do filme "Ek Tha Tiger", um filme indiano de muito sucesso , estrelado pelo grandioso Salman Khan e a deslumbrante Katrina Kaif.


A música é Sayaara  e quem canta é Mohit Chauhan.

Abaixo do video, transcrevo e letra e a tradução que fiz:


Sayaara:
Aasmaan.. tera mera hua
Khwaab ki tarah dhuaan dhuaan
Aasmaan.. tera mera hua
Saans ki tarah ruaan ruaan
Ho jaaye jahan tu jaaye
Paaye mujhe hi paaye
Saaye yeh mere
Hai tujh mein samaaye

Saiyaara main saiyaara
Saiyaara tu saiyaara
Sitaaron ke jahan mein
Milengey ab yaara
Saiyaara main saiyaara
Saiyaara tu saiyaara
Sitaaron ke jahan mein
Milengey ab yaara

Tu jo mila, toh yoon hua
Ho gayi puri adhoori si dua
Tu jo gaya, toh le gaya
Sang tere mere jeene ki har wajah
Ho jaaye jahan tu jaaye
Paaye mujhe hi paaye
Saaye yeh mere
Hai tujh mein samaaye

Saiyaara main saiyaara
Saiyara tu saiyara
Sitaaron ke jahan mein
Milengey ab yaara
Saiyaara main saiyaara
Saiyara tu saiyara
Sitaaron ke jahan mein
Milengey ab yaara

Tum pe miti, tum se bani
Tumse hua hai haan khud pe yakeen
Tu jo nahi, toh na sahi
Main hoon yahaan toh tu hai yahin kahin
Ho jaaye jahan tu jaaye
Paaye mujhe hi paaye
Saaye yeh mere
Hai tujh mein samaaye

Saiyaara main saiyaara
Saiyaara tu saiyaara
Sitaaron ke jahan mein
Milengey ab yaara
Saiyaara main saiyaara
Saiyara tu saiyara
Sitaaron ke jahan mein
Milengey ab yaara...

Planeta

Seu céu e o meu,
se tornaram enfumaçados, como num sonho ..
Seu céu e o meu
se espalharam em partes, como respirações ..
Onde quer que vá,
Você vai encontrar apenas eu...
Minha sombra é composta da sua ..
Planeta, eu sou um planeta agora ..
Planeta, você é um planeta (também) ..
E nós nos encontraremos novamente no mundo das estrelas agora ..
Desde que encontrei você, aconteceu...
como se um desejo inédito fosse cumprido ..
como se você tivesse ido e  levado com você...
toda a razão para eu viver ..
Estou absorvido em você, eu sou feito de você,
(eu sou o que eu sou devido a você)
De você tenho a crença em mim mesmo ..
Se eu estou aqui,
você também estará em algum lugar aqui ..



Palavras que podem mudar uma vida.



Quem nunca esteve num dia assim meio nublado, meio triste, se sentindo meio caído e de repente leu ou ouviu algo que lhe chamou a atenção e de repente mudou completamente seu estado de humor? Pois é, isso já aconteceu comigo várias vezes. Principalmente porque como eu disse na postagem que fiz anteriormente (escrever é o melhor remédio), a palavra para mim é um poderoso remédio como também, infelizmente um poderoso veneno para os mau intencionados.
Contudo, uma coisa é certa: a palavra tem poder! Muitos seguimentos filosóficos,  religiosos e até científicos concordam que a palavra tem um enorme potencial e exerce uma intensa influência sobre nós e por que não, no mundo e no Universo como um todo?
Acredito nisso. Acredito por experiência própria porque tantas e tantas vezes, nas mais diversas circunstâncias e situações, palavras fizeram toda a diferença na minha vida.
É por isso que muito se diz que temos que ter cuidado com as palavras. Elas têm um incrível poder de construir como também de destruir.
E como a minha filosofia de vida é não fazer para os outros o que eu não gostaria que fizessem comigo, procuro fazer bom uso delas. Procuro usa-las para transmitir sentimentos e emoçoes de uma forma sincera mas sutil, suave e que não cause danos a quem quer que seja.
Vou citar aqui, duas frases marcantes e que me levantaram em momentos muito difíceis da minha vida:
" Quando se chega ao fundo do poço, só resta subir."
Essa frase eu ouvi da Professora Violeta Mafra, formada em Pedagogia, Doutora em Psicologia, Membro da Ordem Rosacruz, Mestra de Reiki USUI, Karuna e Magnified Realing há 25 anos (formada pela Associação Brasileira de Reiki) e iniciada no Xamanismo a mais de 25 anos.
Violeta Mafra é descendente de Índios da tribo tupi-guarani e ministra cursos de Xamanismo, Reiki, Cromoterapia, Florais de Bach, Apometria de Equilíbrio Quântico, Terapia Corporal, Cromoterapia, Física Quântica, Fitoterapia, Shantala, entre outros.
E a outra frase ouvi no filme The Crow (O Corvo), que aliás, adoro:

“Não pode chover o tempo todo. O céu não pode cair para sempre. E embora a noite pareça longa, suas lágrimas não podem cair para sempre.”




Essas duas frases marcaram dois momentos em minha vida e são inesquecíveis para mim.
Hoje eu tenho uma página no Facebook, dedicada a mensagens, onde compartilho frases de filmes, de escritores, poetas, filósofos, pensadores e até minhas porque  a minha intenção é de que o mesmo efeito positivo que as palavras tiveram sobre mim e ainda têm, também tenham sobre todas as pessoas.
Se você quiser, dê uma passadinha na minha página: 

Mundo das Fadas:

Um trabalhinho extra não faz mal para ninguém:








Hoje eu vou falar para quem está desempregado ou está trabalhando mas quer  ou precisa aumentar sua renda.
Existem "N" atividades que podem te render uma grana extra não ocupando seu tempo em excesso , exercitando sua intuição e criatividade e gerando até novas oportunidades no campo profissional.
Alguns vão dizer: falar é fácil mas na prática é difícil.
Gente, não vou escrever bonito e nem fantasiar. É difícil sim porque quando você exerce uma atividade em que você mesmo tem que comprar, fazer , divulgar e oferecer, não é tão simples assim.
Mas todas as dificuldades nesse sentido são superadas com esforço, boa vontade e persistência.
O retorno é sempre compensatório, porque você conhece pessoas, exercita sua criatividade , desperta seus talentos e acaba encontrando oportunidades até melhores do que área em que você atua ou se está desempregado, abre portas.
Vamos lá.
A primeira delas é no ramo da gastronomia. Todo mundo sabe que estejamos em crise ou não, o ramo gastronômico é o que menos sofre e sempre, sempre, sempre, em algum lugar  vai ter gente interessada em seus produtos.
Está aí uma atividade que não é preciso ser um especialista mas com boa vontade e capricho qualquer pessoa pode se dedicar e não só aprender como aperfeiçoar.
É claro que um curso ajuda e muito, isso em qualquer área. Mas se a gente já está precisando e não dá para arcar com os custos de um curso, vou dar uma sugestão:

 http://www.cursosonlinesp.com.br/

Nesse site você encontra cursos em algumas áreas, com disponibilização de apostilas, fprovas e até certificados.
Lógico que esse tipo de curso é para quem realmente não tem tempo e nem recursos para um curso presencial. Mas as apostilas do curso são bem elaboradas, de fácil compreensão e completas. Oferecem cursos à distância (on line) sendo que os cursos são Legalizados, conforme Lei nº 9.394, Decreto Presidencial nº 5.154 e Normas da Resolução CNE (Conselho Nacional de Educação) nº 04/99 MEC (Ministério da Educação).
É de muita utilidade pelo menos para obter noções básicas do que você pretende fazer.
Você pode optar por vender doces, salgados, lanches naturais, sorvete, pães, enfim uma infinidade de itens. O que realmente terá importância é a qualidade dos produtos que você vai usar e seu toque de criatividade.
A divulgação também é importante. Para divulgar seus produtos, sugere-se que você ofereça para pessoas conhecidas e nos respectivos locais de venda. Faça um blog, coloque fotos dos produtos, um telefone para contato, enfim, crie meios para que possam conhecer seus produtos.
A área de gastronomia ou culinária é apenas uma.
Nos próximos seguimentos deste artigo vou postar uma a uma das atividades, com detalhes e indicações que podem te render um lucro e além do lucro, abrir portas para uma nova atividade.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Dublê, uma valorosa profissão que permanece no anonimato.

Dublê, vem da palavra double body, que por sua vez significa "corpo duplo".
Olha, dublê é uma profissão e consiste no seguinte: quando em filmes ou outros eventos , os atores e atrizes têm que passar por alguma cena de risco, então são substituídos por pessoas que pessuem uma aparência semelhante, de modo que usando das técnicas de gravação, é lógico, temos a impressão de que é o próprio ator ou atriz que está atuando mas na verdade não é.
Esse trabalho tem como foco, preservar a integridade física dos atores e atrizes, preservando com perfeição o contexto do filme ou do evento.
Não é uma profissão regulamentada e pelo que se sabe o retorno financeiro não é lá essas coisas mas muitos entendem que é uma porta aberta para o ingresso no mundo artístico.
Existem duas espécies de dublê. Uma delas é o dublê de corpo . Para ser dublê de corpo a pessoa precisa dispor de energia física e pouco preocupação com a aparência, já que dependendo do ator que ele vai "incorporar" ou "imitar", ou "se passar por", para ficar mais parecido poderá ter que emagrecer ou engordar, mudar o cabelo, etc para que fique bem parecido.
A outra espécie é o dublê de ação e este aqui sofre bastante. As cenas das quais eles participam envolvem riscos, como uma queda de um prédio ,um acidente automobilístico, etc. Assim sendo, esse profissional depende muito de preparo físico e eu diria especialmente coragem para mesmo diante da ínfima possibilidade de que algo dê errado, ele domine a insegurança e corra o risco.
Valorizo essa profissão e muito. Lamentável que ainda não seja uma profissão regulamentada.
Para mim, são grandes profissionais que estão por trás dos heróis e heroínas que brilham e fazem tanto sucesso porque merecem , é claro, mas estes sempre são exaltados e ganham a fama, o brilho, o glamour enquanto que os dublês, embora façam o "trabalho duro", permanecem no anonimato.


Alguns atores e seu dublê:

Andrew Garfield:



Chandler Riggs:




Tom Cruise:




Cameron Diaz




Brad Pitt



Veja como é feito o trabalho do dublê:






quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Minhas Edições da Mitologia

Histórias da Mitologia.
Quem não gosta de ouvir uma história da mitologia, seja grega, egípcia, indiana, enfim qualquer que seja, eu pelo menos sou fascinada pelo assunto.
Há um tempo atrás eu editei em vídeos algumas histórias da mitologia: Mago Merlin e Viane, Eros e Psiquê, Romeu e Julieta, Rei Arthur e Guinevere, Hades e Perséfone, Zeus e Danae, Vênus e Vulcano, Cleópatra e Marco Antonio, Ísis e Osíris e por aí vai.

Sabe, gente, sempre fui assim, viajo no tempo quando ouço, ou leio essas histórias.E sempre me identifico com algum personagem. E se observarmos com atenção, constataremos como é incrível o quanto os fatos se repetem, se prestarmos atenção em detalhes, a gente acaba se deparando com peculiaridades do nosso cotidiano parecidas e por vezes idênticas. Sejam lendas ou histórias verídicas, prá mim não importa. Eu me vejo refletida em alguns personagens, e pelas atitudes de cada personagem, aprendo. Por isso eu gosto.
Editei em vídeos, de uma forma bem sintetizada, lógico, mas até que ficou legal. Para quem já ouviu falar ou mesmo não ouviu, vou postar aqui os vídeos.
Estou reeditando todos e editando mais vídeos.
A minha predileta é Merlin e Viviane e  Arthur e Guinevere.
Se você estiver passeando pela internet, dê uma passadinha lá no meu canal, será muito bem-vindo.

video











O limite da virtude



Hoje vou falar de um assunto muito comum mas que me fez chegar a uma conclusão que quero repassar para que outros que ainda não pensaram sobre isso, talvez concluam a mesma coisa para o seu próprio bem.
Olha, existem circunstâncias na nossa vida em que precisamos de alguém.
É muito bom quando uma mão se estende para nos ajudar. É uma benção, pensamos e sentimos e é claro, nos sentimos gratos, tão gratos que não medimos esforços para retribuir de alguma forma favores que nos são prestados.
A gratidão, é sem dúvida, uma dádiva tanto para quem a sente, como para quem a recebe.
Contudo, infelizmente, como toda virtude ela deve ter seus limites.
Estou dizendo isso porque  infelizmente alguns fatos acontecidos em minha vida de alguns anos para cá  e a descoberta de outros, me levaram a uma reflexão sincera neste final de ano.
É muito bom ajudar alguém. Mas nobre é ajudar sem esperar nada em troca porque ajudar, esperando vantagens ou mesmo sugando aquele a quem se presta uma ajuda, não é ajuda, é outra coisa. É soberba, é desonestidade, é exploração da fragilidade de alguém, é injustiça.
E quanto a isso, não se envolve religião. Isso tem a ver com caráter, tem a ver com honestidade, tem a ver com sinceridade.
Se você presta uma ajuda a alguém e sabe, inclusive que essa pessoa precisa e não tem outra alternativa e dessa circunstância você se aproveita para levar vantagem, desculpe, mas isso não tem nada a ver com solidariedade.
E para você que recebe uma ajuda ou que depende dela por alguma circunstância de sua vida, saiba que ser grato não tem nada a ver com obrigação, nada a ver com submissão, nada a ver com fechar os olhos e tolerar ser abusado, explorado e injustiçado.
Ser grato é antes de tudo, sentir-se grato mas retribuir com justiça, pois do contrário, nada mais significa do que incentivar e alimentar a falta de caráter de quem na verdade não ajuda e sim explora.
É claro, é lógico , que solidariedade sincera eu tenho visto e muita. Pessoas que ajudam sem esperar nada. Ajudam simplesmente porque têm um coração nobre, porque são realmente boas, não precisam de aplausos e nem esperam retribuição.
Mas tenho visto e encontrado no meu caminho, pessoas egoístas, gananciosas, pessoas que por um favor, cobram, submetem, e sugam a outra.
E deixo aqui o meu conselho, seja você aquele que presta o favor ou aquele a quem é prestado um favor, não faça nenhum favor se você faz esperando vantagens em troca e não receba se você vem sendo cobrado, sugado, explorado por isso.
Em ambos os casos, há de se impor o limite porque a toda virtude também se impõe limite para que permaneça sincera, real e equilibrada.
Quando se perde o equilíbrio, deixa de ser uma virtude para se tornar uma fraqueza , uma infâmia , uma indignidade.
E saiba que por mais que você se julgue dependente de algo ou de alguém, em face de uma eventual circunstância,  a partir do momento em que você despertar para isso, você encontrará outros caminhos muito mais dignos.Sempre existe.