terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Religião ou Fé?

Fora a política, acho que não existe nenhum outro assunto tão complexo quanto religião.
Aliás, por tanta complexidade, tem até mesmo se tornado motivo de rivalidades através dos tempos.
Conceito de religião: é um conjunto de sistemas culturais e de crenças, além de visões de mundo, que estabelece os símbolos que relacionam a humanidade com a espiritualidade e seus próprios valores morais. Muitas religiões têm narrativas, símbolos, tradições e histórias sagradas que se destinam a dar sentido à vida ou explicar a sua origem e do universo. As religiões tendem a derivar a moralidade, a ética, as leis religiosas ou um estilo de vida preferido de suas ideias sobre o cosmos e a natureza humana.
Conceito de Fé: é a firme opinião de que algo é verdade, sem qualquer tipo de prova ou critério objetivo de verificação, pela absoluta confiança que depositamos nesta ideia ou fonte de transmissão.
A fé não necessita de prova ou fundamento racional. A fé é sentimental. Normalmente ela é oriunda de experiência pessoal.
Partindo dessas definições vejo e sinto uma grande diferença entre religião e fé. Num modo simplificado, a religião se fundamenta em fatos, escrituras, tradições culturais que se tornam um princípio e se transformam em dogmas.
Particularmente, não tenho religião. Simpatizo-me com alguns seguimentos, especialmente da cultura da cultura celta.
Os celtas têm como princípio,  respeito pela natureza. Consideram a Roda do Ano (estações), os elementos da natureza, os pontos cardeais, o Sol, a Lua, e valorizavam a energia de tudo o que está em torno de si. Eles reconhecem a energia dos elementos da natureza. A terra, o ar, o fogo, e a água são representações e formas diferentes de energia, e a partir desses elementos todas as coisas são formadas. É o que chamamos de energia elemental, seres do mundo espiritual cuja tarefa é dirigir o poder divino para as formas da natureza.
Essa filosofia, digamos assim, é dita como "pagã" (o termo pagão, num significado geral e abrangente significa toda religião ou pessoa que não seja cristã nem judaica).
Creio que os celtas não devem ser rotulados como pagãos porque eles acreditam na energia da natureza e essa energia emana de Deus. Por sua vez, todos os deuses e deusas em que acreditam são, na verdade emanações de um Deus Único. E quem é a Deusa, senão a energia feminina de Deus?
Bem, mas como eu disse, apesar de ser simpatizante e seguidora da filosofia celta, procuro extrair o que de melhor depreendo de cada seguimento. E numa comparação subjetiva com outros seguimentos, concluo o que é verdadeiro para mim.
Assim, o Budismo, o Hinduísmo, O Islamismo, o Catolicismo, enfim , todos os seguimentos carregam em si algo em comum, ou seja, valores e princípios éticos de respeito e paz e que depende de cada um receber como a sua verdade e o que é mais importante: aplicar em si e em sua vida.
Seja Alláh, seja Krishna, seja Jesus Cristo, seja Budha, seja a Grande Mãe, todos são únicos, todos são amor, paz, compaixão, lealdade, justiça, todos são virtudes.
Quando digo que não tenho religião, não quero dizer que não tenho fé. Pelo contrário, eu tenho fé mas não tenho religião porque para mim os caminhos são múltiplos mas me levam a um único lugar, de onde tudo e todos se originaram.
Penso que não existe uma religião melhor, certa ou errada. Nada disso. Penso que toda religião e toda fé, seja ela qual for, é ótima desde que te ajude a ser uma pessoa melhor.
No entanto, por achar um assunto bastante interessante, futuramente pretendo expor o que aprendi em alguns seguimentos.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Celebridades nossas de cada dia (continuação)

Continuando com as celebridades nossas de cada dia trouxemos hoje uma pessoa de rara beleza e talento. Ela é tudo que de mais belo podemos ter na vida. Aliás todo artesão carrega em si a docilidade, a suavidade da alma e do coração que expressa em sua arte. Estamos falando da Kátia Wee, sem dúvida, uma pessoa maravilhosa: 


(embora ela seja linda, não gosta de postar as fotos dela na internet-kkkk)

Entrevista com a Kátia:


1- Nome:
Kátia-  katia wee
2- Idade:
Kátia-  15(mental) prefiro não dizer a verdadeira 
3- Onde nasceu e onde mora:
Kátia- nasci no Brasil (culpa dos meus pais pelo menos tivessem ido a Coréia do Sul para me ter ingratidão...)
4- Profissão:
Kátia Recepcionista
5- Quais são os seus hobbys? 
Kátia: Artesanato em geral ( crochê, ponto cruz, vagonite etc)
6- O que voce faz quando não está trabalhando?
Kátia: Assistindo  doramas 
7- Onde você trabalha?
Kátia- Estou na pista do desemprego ( Alguém ai quer ser meu futuro chefe ?)
8- Por que voce escolheu essa profissão?
Kátia: Não escolhi, preciso viver de algo ( infelizmente meu artesanato não me sustenta )
9- Além desse trabalho, voce já trabalhou em outra atividade?
Kátia:  Sim , fui secretária do So ji sub tivemos um caso amoroso e vamos casar brevemente ..... kkkkk minha mente trabalha bem 
10- Quais são  as suas aspirações para o futuro?
Kátia: Viver do artesanato 
11- O que você pensa sobre família?
Kátia: É como um porre , nós dá euforia , alegria , dor de cabeça mas sempre queremos mais um pouco disso tudo ....
12- O que você pensa sobre o amor? 
Kátia: Procuramos incessantemente o amor nossa vida toda , e amamos de várias maneiras diferentes , gosto de sempre falar que amo meus amigos  e familiares não gosto de pensar que morrerei deixando algo para trás ( E QUEM ESTÁ CHUPANDO MINHA LARANJA TE CUIDA )
13- Qual a sua religião?
Kátia: Amar a Deus e respeitar a religião do meu próximo 
Decreva sobre sua personalidade:
Kátia: Alegre.
14_ Descreva o seu trabalho.
Kátia: Se for artesanato amo tudo por que cada ponto é um sonho , transformar algo do nada em formas cores e alegria .Se for recepcionista amo mas nem tanto assim  , amo conversar , e ajudar

Trabalhos da Kátia:










E este aqui é o príncipe da nossa querida Kátia:


-Ela disse que se casou com ele: So Ji Sub, embora ele ainda não saiba. kkkkkkkkkkkkkk

domingo, 28 de dezembro de 2014

Dica de experiência pessoal para cabelos bonitos.


Bom, eu não dou dicas se não tiver experimentado.
Tenho cabelos longos e uso tintura.  Sempre trato com profissionais mas há épocas em que falta tempo e o cansaço pelas várias atividades me impedem de ir.
Assim, procuro alternativas para tratar do cabelo em casa e ainda que prefira tratar com profissionais, tenho especial preferência em tratar com a natureza.
Há um tempo atrás estive pesquisando sobre o óleo de côco e seus efeitos na cosmética.
Bem, o óleo de côco é rico em vitamina E e ácidos graxos. Assim, é um hidratante e age na porção interna dos fios, e resulta no fortalecimento e reconstrução dos fios.

Todos sabem que o mel é uma poderosa substância curativa e restauradora. Por sua vez, a geléia real que é produzida pelas abelhas operárias para alimentar as mais novas, bem como, a rainha da colméia, é ainda mais poderosa.
A geléia real não só atua na reconstrução capilar como também nutre e garante brilho ao cabelo.
Em setembro de 2.014, meu cabelo estava sêco e quebradiço. Como eu estava sem tempo para ir ao cabelereiro, eu mesma resolvi criar minha hidratação.
Sem mencionar marcas pois já usei diversas e não posso me queixar de nenhuma, eu fiz a seguinte máscara de hidratação usando três ingredientes:
 -creme hidratante para o cabelo
 - óleo de côco
  -geléia real

Então, eu comprei um pote de creme hidratante de 300 grs, adicionei 2 colheres (sopa) de óleo de côco e 1 colher (sopa) de geléia real.
Misturei bem.
Eu aplico depois de lavar o cabelo. Não uso condicionador. Aplico o creme e deixo agir por 30 minutos. Então retiro bem o creme e seco naturalmente.
Para mim, o resultado começou a aparecer na quarta semana. Eu aplico uma vez por semana.
Meu cabelo ficou macio, brilhante e com balanço.
Indico porque testei e o resultado foi ótimo. Como esses produtos não têm contra-indicação, penso que podem ser aplicados em qualquer tipo de cabelo. 



Redes Sociais e a apologia da amizade





Antes de tudo, aos que vão ler este artigo, peço que não interpretem como crítica. Não sou uma pessoa perfeita, estou longe disso e não me cabe criticar nada e nem ninguém. Apenas expresso aquilo que sinto mas preservando e respeitando sempre todas as convicções e sentimentos.
Primeiramente, o que é apologia. Apologia significa texto, ou discurso, utilizado para defender, explicar ou elogiar, geralmente um comportamento, uma ideologia, uma doutrina, uma obra literária ou artística: fazer apologia do cristianismo.
Venho então, expor meus sentimentos especialmente particulares com relação a amizade nas redes sociais.
Hoje em dia a maior e mais popular rede social é o Facebook. Eu mesma tenho quatro perfis, alguns grupos e comunidades. Administro os grupos e comunidades com minhas duas primas: Leila Maria IvevuLsk e Milena Aparecida Santoro.
Logo que comecei a usar o Facebook, me senti fascinada com a oportunidade de conhecer, ainda que virtualmente, pessoas de todas as localidades do mundo.
Aidcionei muitas e muitas pessoas, de diversas localidades e fui adicionada também.
Mas na medida em que eu ia me tornando cada vez mais assídua no Facebook, eu fui percebendo que para mim pelo menos, não se trata de uma rede social para conhecer pessoas mas sim uma verdadeira escola onde você exercita o auto-conhecimento, ou seja, onde você passa a conhecer a si próprio, através dos outros.
Parece meio complicado, não é? Também estive confusa quanto a isso no começo. Veja só, comecei a observar que as personalidades são inúmeras, comportamentos diversificados, idéias comuns e opostas, tanto quanto as convicções e tudo mais. Até aí é uma questão de lógica pois somos seres individuais, inquestionavelmente.
Mas com o tempo, você começa a se deparar com algumas situações que te levam a questionar sobre o significado e objetivo da rede social.
É claro que questões políticas e religiosas sempre são objetos de controvérsias mas quanto a isso, a maioria respeita opiniões contrárias às suas.
Porém, fora isso a gente observa que por mínimas questões, há confronto e uma série de atitudes de insatisfação e até mesmo "vingança"  branca (vou explicar o que é vingança branca) que acaba resultando em mágoas e frustrações mas não com relação ao insatisfeito e ao vingativo e sim com relação a si mesmo.
Por exemplo. Certa vez, fiz uma postagem, cujo conteúdo não era direcionado a ninguém, mesmo porque não tenho o hábito de escrever "indiretas". Na verdade,  até que sou muito direta. Então, alguém foi lá na postagem e teceu um comentário, expondo sua opinião a respeito do que eu escrevi. Vendo que não havia sido entendida, comentei novamente no intuito de esclarecer. Mas conforme passou o tempo, observei que essa pessoa não mais me marcava em fotos e em fotos que eu a marcava, ela simplesmente ignorava. Como eu admirava e respeitava essa pessoa, fui no inbox e disse que embora não soubesse se havia feito algo que a tinha desagradado, pedi desculpas se efetivamente houvesse feito. Ela respondeu-me que não havia nada e que estava ocupada com suas diversas atvidades. O tempo foi passando, contudo, esta pessoa se manteve na indiferença e na mesma postura com relação à minha pessoa, ou seja, a "vingança branca." A vingança branca a que me refiro, nada mais é do que a pessoa mantê-lo (a) no perfil mas ignora-lo (a) totalmente, ou seja, não curte suas postagens, não responde aos seus omentários, não te marca em fotos nas datas festivas , enfim, ignora-o (a) completamente.
Mas...nesse passo, tenho comigo que tal personalidade não é culpada de absolutamente nada e nem mesmo merece qualquer crítica. Na verdade,  essa postura ensina a gente mesmo, ou seja, se pratiquei algo mal interpretado, se não me expressei bem e atingi alguém, o mínimo que devo fazer é me desculpar com essa pessoa, certo? Contudo, se está bem claro que tal pessoa não desculpou, não se trata de hipocrisia e falsidade da minha parte manter esse relacionamento virtual inócuo, incorrespondido, ressentido e por que não dizer: falso?  Pois é. Então eu passei a observar mais, não aos outros mas a mim mesma. Fui hipócrita porque mantive-a no meu perfil, apesar de bem claro, que  não entendeu, não desculpou e mantém uma vingança branca, motivo suficiente para que eu mesma entenda que não está ali porque tem uma amizade comigo mas talvez porque suponha que excluindo causará impacto entre as amizades em comum, ou mesmo que seja por outro motivo qualquer.
Situação semelhante se observan com relação a eventuais atividades que você desenvolve, tais como trabalhos de qualquer natureza que você expõe à sua maneira, do seu jeito, de acordo com seus padrões e ética. Nem todos concordam. Há aquelas pessoas raras que realmente são sinceras em suas postagens quando falam de respeito, de paz , de harmonia. Mas há aqueles, cuja espírito de competitividade e disputa não consegue aceitar o fato de que você tem a sua personalidade, e não desmerece respeito por não pensar e agir como a maioria. Nesse caso, não deveria você atribuir um respeito maior àqueles que te compreendem, respeitam e valorizam ao invés de ficar tentando justificar o fato de ser você mesmo e e se mantém fiel a si próprio,  implorar respeito a isso?  Pois é.
Então, afinal, e por tantas outras situações que observei e ressalto que observei a mim própria, concluí que a amizade virtual nas redes sociais nada mais é do que uma escola em que se ministra o auto-conhecimento acima de tudo. E você se conhece quando observa seus sentimentos, suas reações diante das diferenças e condutas alheias.
Eu gosto muito das redes sociais. Gosto do Facebook. Gosto de todas as pessoas que conheci e conheço e embora tenha experimentado certos dissabores, tenho por todos, quem quer que seja, profunda gratidão.
No título e início do texto eu me referi à "apologia" da amizade. E assim me expressei na intenção de abordar o significado ou o sentimento de amizade para mim nas redes socias, repetindo: amizade= auto-conhecimento. Não pode alguém que não conhece a si próprio, dizer que conhece alguém. E conhecer a si próprio não é questionar os outros. É questionar a si mesmo. É saber quem você é, qual é o seu lugar no mundo e na vida. Assim, quem se conhece, se respeita, se compreende, é amigo de si próprio e só quem é amigo de si próprio pode se entitular amigo de alguém. Tudo isso envolve apenas uma coisa: sinceridade. Portanto, não se diga amigo (a) se você prega suavidade e perdão mas ignora mesmo pessoas que você supôs que quiseram ofender ou magoar você e te pediram desculpa. Não se diga amigo (a) se você não concorda com as convicções e postura de alguém, mas por comodidade ou para não causar impacto na popularidade, mantém esse alguém no seu perfil. Isso não é amizade.


sábado, 29 de novembro de 2014

Belas & Feras

Continuando com as Belas & Feras, trago hoje uma pessoa muito especial. Alguém que se destaca não só pela beleza física (foi miss Belém ) mas pela garra e persistência em tudo o que faz. Sabe aquelas pessoas que têm luz própria e onde chegam espalham uma luz que envolve a tudo e a todos? Pois é. Ela é assim: bela, inteligente, tem muita classe, sabedoria e tudo isso com a simplicidade de quem é uma estrela e sabe sê-la. Ana Carolina Paiva.



Entrevista:
1- Nome:
Ana Carolina- Ana Carolina Paiva

2- Idade:
Ana Carolina- 25 anos

3- Onde nasceu e onde mora
Ana Carolina- Belém do Pará

4- Profissão
Ana Carolina- Bacharel em Direito (Advogada)

5- Quais são os seus hobbys?
Ana- Carolina- Viajar, amo ler, alias livros são minha paixão, mas tem que ser livros com enredo tipo, sobrenatural, anjos, demônios, bruxos, etc.. EX: HUSH, HUSH; FEVER; SENHORES DO SUBMUNDO; mas lógico leio outros também tipo Fernão Campelo Gaivota; O Dom Supremo, entre outros; e viajar é tão maravilhoso, conhece novos lugares, novas culturas, pessoa, ahhhh é tudo de bom

6- O que você faz quando não está trabalhando?
Ana Carolina- Geralmente estou estudando, lendo, faço academia pra manter a forma, entre outras atividades
7- Onde você trabalha?
Ana Carolina- Atualmente estou sem trabalho fixo, só dando consultoria e estudando pra concurso.

8- Por que você escolheu essa profissão?
Ana- Carolina- Desde pequena sempre defendia meus amigos e até desconhecidos, tipo não suporto ver ou mesmo saber que alguém foi discriminado por qualquer coisa, ou teve seus direitos negados, ou foi injustiçados, e muitas outras situações. E também com 2 grandes exemplos em casa como minha mãe e meu pai que também são advogados, não tinha como escolher outra profissão.

9- Além desse trabalho, você já trabalhou em outra atividade?
Ana Carolina- Sim, em escritórios e até mesmo lojas, trabalhei na área de RH e Contabilidade como gerente dos setores, ahh fui Miss Belem em 2009 também rs

10- Quais são as suas aspirações para o futuro?
Ana Carolina- Tenho várias, mas quero ter meu próprio escritório de advocacia, mas não só pra atender pessoas que tenham poder aquisitivo maior, mas também os que precisam e não tem como pagara, ajudar no que eu poder.

11- O que você pensa sobre família?

Ana Carolina- Família é a base de TUDO, é minha FORÇA.

12- O que você pensa sobre o amor?

Ana Carolina- Ah o AMOR, sou romântica demais, sempre sonhei com um príncipe encantado, amor eterno RS, enfim, hoje sei que não existem príncipes e princesas, que o que vale mesmo é a confiança, companheirismo, é a cumplicidade, é a sinceridade é a verdade nua e crua, sem rodeios. Mas também tem o amor entre amigos, amor ao próximo, amor à distância, amor por alguém homem/mulher que você nunca viu, somente contato pela internet, mas que tornou-se muito importante em sua vida, amor de irmãos que a vida nos dá, que não é de sangue e sim de coração, nossa há tantas formas de amor, que passaria horas, dias escrevendo rs

14 -  Qual a sua religião?
 Ana Carolina- Católica

15- Descreva sobre sua personalidade:

Ana Carolina- Difícil falar de mim, mas vamos lá...  Sou honesta, determinada, corajosa, apaixonada e impulsiva. Sempre idealista, às vezes impetuosa, minha personalidade não falta dinamismo, sou engraçada, amiga, solidaria, chorona RS, enfim sou complicada e perfeitinha kkkkk

16-Descreva o seu trabalho:

Ana Carolina:Advogados são profissionais que usam as leis na defesa dos interesses do cliente, que pode ser um cidadão ou uma empresa, como seu representante contra os interesses de terceiros em qualquer instância, juízo ou tribunal. Podem atuar nos vários campos do direito: constitucional, administrativo, tributário, comercial, civil, trabalhista, eleitoral e penal. O bacharel em direito pode trabalhar como advogado em escritórios particulares de advocacia, departamentos jurídicos de empresas públicas e privadas, ou seguir carreira pública, fazendo concurso para ser juiz, delegado de polícia, promotor de justiça, procurador ou defensor público.



























quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Celebridades nossas de cada dia (continuação)

E continuando a trazer aqui para o nosso blog, as celebridades nossas de cada dia, hoje uma estrela vai brilhar aqui. É a nossa querida Fran Hardy. Essa fofura com esse olhar travesso, é uma pessoa tão nobre, tão rica em sabedoria, em cultura, em experiência e tão simples, gente! Ela também tem um blog magnífico que ao final vamos postar o endereço. a Fran é uma pessoa cheia de luz e deixa alegria por onde passa, compartilha tudo o que sabe com humildade e de forma colorida e divertida. Sem dúvida ela é completa e perfeita, aquela mulher com alma de menina e coração de adolescente, a amiga, a mestra, a mãe, a tia, a irmã que todo mundo quer ter bem pertinho. Vamos agora à entrevista com ela:



1- Nome:
Fran- Francisca Hardy. Na verdade é um nome enooooorme. Nome de rainha, mas que tal me chamar só de Fran Hardy?

2- Idade:

Fran-Pelo amordeShiva! Ô povo indiscreto! Ainda bem que não tenho grilo com idade. ?Mas qual das idades você quer saber, pois eu nasci em 1950, mas meu pai só me registrou em 1952. Assim, oficialmente, ganhei dois aninhos. hehehehe
3- Onde nasceu e onde mora.

Fran- Sou nordestina arretada, com muito orgulho, nascida em outro delta ...(mais um nascimento em delta). Dessa vez, no Delta do rio Parnaíba, no norte do Piauí. Sim, o Piauí existe e onde nasci é uma região muito bonita. Resumindo, nasci em Parnaíba/Piauí. Moro em Goiânia/GO, há 29  anos, para onde vim transferida  a serviço.
4- Profissão:

Fran- Já sentiram que não me acomodo em uma coisa só, portanto, sou funcionária pública federal (Ministério da Justiça), aposentada. Brinco de advogar, mas cansei dessa vida de fórum, processos e papelada. Prefiro a profissão que abracei gostosamente – turista profissional. hehehe
5- Quais são os seus hobbys?

Fran- Eita – puxa o banquinho pra perto e vai anotando: ler, escrever, dar aulas e palestras, pesquisar, cinema, música, viajar, cozinhar, fotografar e, pasme, fazer crochê.
6- O que voce faz quando não está trabalhando?

Fran- Medito. Ta se rindo de quê? Medito, sim. Taí o meu Glorioso Shivão de testemunha.

7- Onde você trabalha?
Fran- Bem, atualmente prefiro ser uma cidadã dos universos, então, minhas 11 malas estão sempre prontas para uma viagem básica.

8- Por que voce escolheu essa profissão?
Fran-Qual delas? Vamos considerar a de turista profissional – trabalhei demais na minha vida. Hora de colher os frutos e não quero ir embora deste planetinha azul sem conhecer pelo menos um tico dele.

9- Além desse trabalho, voce já trabalhou em outra atividade?
Fran- Ah, você quer mesmo que eu diga que sou Delegada da Polícia Federal – aposentada, né?

10- Quais são as suas aspirações para o futuro?
Fran- Algo que estou pondo em prática – conhecer boa parte do nosso planetinha, ver as crias trabalhando, caminhando para o futuro, com segurança. E, sem ser hipócrita, conhecer um TTTTTTTTTTTTTT – Mohit Raina. Ta rindo, né? Mas é uma aspiração, ôxiiiiiiiii!

11- O que você pensa sobre família?

Fran- Ô coisinha complicada. Todo mundo briga, grita, se mete na vida dos outros, mas não nos largamos. Tenho filhos lindos – aprendi a fazer filhos lindos – e me rasgo (mas não muito) por eles, pois, afinal, todos os filhos são egoístas, mas não vivemos sem eles. Sei que neles terei continuidade. 
12- O que você pensa sobre o amor?

Fran-É a coisa mais besta que já inventaram. Você ri sozinha quando está amando e também chora sozinha. Antagônico. Enfim, faz você se sentir viva- amando ou odiando. Viva o amor!
13- Qual a sua religião?

Fran- Eu creio numa Energia Absoluta a quem chamamos de DEUS, mas para mim DEUS é composto de EU-s. D – EU- S, ou seja, de EUs. Religião é religare com a Divindade, não importa que nome tenha essa Divindade. Respeitando todas as religiões, declaro-me gnóstica, mas uma gnóstica shivaísta.
Decreva sobre sua personalidade:

Fran-Agora você me pegou. Sou agitada, sou água, sou lua, sou emoções, sou terra, fogo, Akash e ar. Amo intensamente e quando odeio, sai de perto. Tenho um senso de justiça aguçado. Muito ligada ao misticismo – afinal, nasci xamã. Sou pai, mãe, sou as estrelas do firmamento, Sou Ísis e sou Nuit. Estou no presente, mas aprendo com o passado. Levantar os véus da Árvore da Vida é um desafio e pisar em outras terras me nutre a alma. A um tempo sou calmaria e todo meu ser repousa – pralaya. Amiga daquelas que se ferra pra ajudar, embora sempre leve uma pedrada depois. Mas não importa. Cada um dá dá o que melhor tem. Tenho um lado poeta que abafei. Quero entender todo universo e acho que o tempo que tenho por aqui é pouco, mas procuro usar da melhor forma possível. Agradecida a todos que de alguma forma cruzam meus caminhos, pois com essas pessoas sempre aprendo algo. Cada pessoa é um universo que me permite visitar, conhecer, vislumbrar... Todas as noites agradeço ao Altíssimo Deus dos Universos todas as graças que recebo a cada instante da minha vida. Quer me conhecer? À noite, no deserto de sua solidão, olhe para as estrelas. Veja-me no vôo incerto de uma borboleta, no sorriso de uma criança ou na mão estendida do pedinte... Lá estarei.
Descreva o seu trabalho:

Fran:Hummm... Muito difícil me definir com UM trabalho. Escolho um que me dá muito prazer – dar aulas na Fraternitas Rosicruciana Antiqua sobre temas esotéricos como Kabbalah, Tatwas, Biorritmo, Anatomia Esotérica, Gnosticismo, Religiões Comparadas, Magia, Talismãs, Templários, Egito... tudo isso me leva a uma gama de estudos e novos conhecimentos que divido com aqueles que buscam um sentido para suas vidas. Na verdade, quem mais aprende sou eu.

Aqui está uma pequena amostra do trabalho da Fran:














Isso é só uma pequena amostra. Conheça o blog da Fran, você vai aprender se divertindo:



Ah! Ela tem uma página no Facebook, de Seriados Hindi Traduzidos e Legendados:

Seriados e Novelas Hindi Legendados.








segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Belas & Feras

Este tópico do blog traz até o público mulheres belas e de personalidade que encantam não só pela beleza física mas pela garra, pela determinação, pela coragem, pela persistência e pela capacidade de seguirem seus objetivos , superando todas as dificuldades naturais que eventualmente ocorrem na vida de nós mulheres, conseguiram graças à força de vontade, atingirem seus objetivos, revelando seus dons e talentos e mostrando que além de belas, são feras nos que fazem.
A primeira delas, é esta morena que vocês vão ver a seguir: Bia Rodrigues, essa morena linda,  especialista em make:





Entrevista com a Bia:

1- Seu nome:
Bia - Isa Beatriz R. de Lima. Os mais íntimos me chamam de Isa, porém outros me chamam de Bia. Uso mais o Bia do que o Isa porque as pessoas tinham mania de escrever meu nome errado. Tipo '' IZA '' . Além de trocarem por '' Ilza '' , '' Iça ''. Então , o Bia de Beatriz facilita a minha e a vida de quem me conhece. rs
2- Idade:
Bia - 24 anos.
3- Onde nasceu e onde mora?
Bia - Nasci em Humaitá - Amazonas , morei em Manaus desde os meus 5 aninhos de idade e atualmente moro no Rio de Janeiro.
4- Qual a sua profissão?
Bia - Maquiadora Profissional e Hair Stylist
5- Quais são os seus hobbys?
Bia -Ahh com certeza é navegar na internet pesquisando coisas sobre Maquiagem , artesanato , dicas de beleza , receitas de culinária . Também amo ouvir música. Vários estilos. Aliás, só faço as coisas de casa ouvindo música. Tb amo cuidar de casa e de meu esposo. Tb gosto de ver fotos. Ler é um dos meus hobbys , mas confesso que ultimamente não tenho lido com frequência.
6- O que voce faz quando não está trabalhando?
Bia - Quando não estou trabalhando, estou ou na internet ,cuidando de casa ou cuidando e fazendo alguma atividade com meu esposo.
7- Onde você trabalha?
Bia - Trabalho à domicilio ( Make e Hair ) , e em casa quando se trata de cuidar da lojinha virtual que tenho , e com a venda de produtos Mary Kay, que também pode ser à domicilio ou em minha residência mesmo.
8- Por que voce escolheu essa profissão?
 Bia - Olha , talvez ela tenha me escolhido. rs Parece meio clichê até , mas é verdade. Amo a área da beleza de forma geral, não desde sempre. Mas, de uns 2 anos pra cá comecei a me interessar mais. Comecei a me amar mais e a querer deixar as pessoas felizes.
9- Além desse trabalho, voce já trabalhou em outra atividade?
Bia -Já sim. Já fui Vendedora de roupas na Colcci , lá em Manaus . Já fui Degustadora de uma marca de refrigerantes e guaraná , também em Manaus . Já fui Assessora de Comunicação de casas de show sertanejas , em Manaus . Também já trabalhei em banco , como Promotora de Consignado.
10- Quais são  as suas aspirações para o futuro?
Bia - Difícil essa. rs Sou Taurina então , meio que tenho vontade de fazer bastante coisas. Mas, quero , quem sabe , poder ter meu Atelier e nele oferecer meus serviços de Maquiagem , Penteados e dar cursos também. Ainda pretendo em um futuro próximo me formar também , como Design de Sobrancelha. Pretendo ter meus dois filhos, o grande sonho da minha vida.
11- O que você pensa sobre família?
Bia - Bom, essa pergunta requer muito da minha história familiar , porém como ela é bem complexa , eu vou resumir. Eu fui criada por meus avós e tios. Porque minha mãe me teve muito jovem, e meio que não queria responsabilidade por muitos anos. Então, desde pequena nasceu em mim o grande desejo de ser mãe , e ter meu esposo , minha casinha e com isso me esforçar para ser uma boa mãe, uma boa esposa dentro e fora de casa. Família para mim é a base de tudo. E sou muito feliz com a minha, pois meu esposo é maravilhoso e sonha os mesmos sonhos que eu. Só falta nossos filhotes mesmo..rs
12- O que você pensa sobre o amor?
Bia - Eu sempre soube que o amor era algo bem maior do que eu podia imaginar. Embora já tivesse tido vários namorados, me apaixonado, me iludido e tudo, eu sentia que nada daquilo que vivi com cada um deles, era de fato , o AMOR que eu tanto procurava. Amor é algo sublime. É aquele sentimento de cuidado, de carinho incondicional. É aquilo que me completa em todos os sentidos. É o maior e o melhor sentimento do mundo.
13- Qual a sua religião?
Bia -Eu fui criada em lar católico e na igreja .Sou muito temente a Deus e , Nossa Senhora e tudo. Mas, simpatizo com o Espiritismo também. Há até quem diga que sou Médium e, de fato tenho alguns episódios curiosos sobre o assunto.
14-Descreva sobre sua personalidade:
Bia -  Bem , eu sou uma pessoa engraçada. Porque ao mesmo tempo que posso ser meio chata ou '' Cri cri '' , eu também sou prestativa, amiga, humana. Costumo me doer pela dor do outro, mesmo sem conhecer pessoalmente. Sou muito emotiva, apesar de tentar disfarçar bastante. Sou muito carinhosa, mas também sou brava. O tipo de amiga que chega com você e fala tanto aquilo que não me agrada, como aquilo que acho que pode vir a lhe meter em situações desagradáveis. Eu sou romântica, eu sou determinada e sou objetiva. Eu sou ciumenta também. rs Por ser assim, eu aprendi a observar quem realmente está comigo , e quem só quer '' passar uma temporada '' em minha vida. E assim vou escolhendo quem realmente entra em minha vida pra somar, e separando os que não me fazem bem , ou não me trazem algo de ensinamento mesmo.
15- Descreva o seu trabalho:
Bia -Meu trabalho de forma geral ( envolvendo todas as atividades que faço ) é voltado para a área da beleza. É maravilhoso a sensação de um trabalho bem feito, e que principalmente , traz alegria à quem recebe. É impagável ver o sorriso de minhas clientes ao se verem mais bonitas, maquiadas de forma que elas mesmas não sabiam que poderiam ficar. Eu tenho verdadeiro amor em levar autoestima a tantas mulheres por aí
Com apenas 24 anos de idade,  a Bia já é um grande sucesso e como não seria com uma personalidade tão encantadora, não é?
Com certeza, Bia já é um grande sucesso e será cada vez mais.
Abaixo estão algumas fotos do trabalho da Bia e quem quiser contactá-la, pode fazê-lo através do perfil que ela mantém no Facebook.  E é com grande satisfação que passaremos a mostrar em postagens futuras, as novidades que ela sempre nos apresenta.








A Bia Rodrigues está no Facebook: Bia Rodrigues (Lima)- Maquiadora Profissional e Hair Stilyst





A arte de fazer comerciais.

Às vezes a gente vê um comercial de meio minuto e não imagina o trabalho que se tem para produzir .Eu presto muita atenção em comerciais de TV e sempre tive curiosidade para saber como são produzidos, quais as técnicas usadas nos efeitos, as montagens, quantos profissionais são necessários, etc. São detalhes que sempre me chamaram a atenção mesmo porque muitas vezes algo que pensamos ser tão simples envolve tempo, investimento e técnica e tudo o que envolve técnicas sempre me chama a atenção. Eu trouxe aqui o vídeo do comercial do carro pelo qual sou fascinada: Lamborghini Hurucán LP 610.4 Esse é o comercial 2014. O piloto do carro no comercial , é o ator David Atrakchi. O segundo vídeo é do comercial editado com a música Desi Kalakaar , do Yo Yo Singh. Veja que interessante:

video









Divas das Edições de Vídeo:

Hoje vou falar de edições de vídeos.
Sem dúvida, é um colírio para os olhos e um calmante para a alma, assistirmos um vídeo musical bem elaborado. Encontramos diversos no Youtube, maior site de vídeos da Internet, não é? Quem não se sensibiliza com imagens e músicas, traduções e letras de músicas, poemas.
Existem muitos e muitos programas, editores de vídeo, com inúmeros efeitos e opçoes mas uma coisa é essencial: desde a  escolha das músicas em harmonia com as imagens, até ao design como efeitos visuais, até a fonte das letras. E para isso, gente, não é tão simples, é necessário um grau de sensibilidade e um talento especial.
Eu conheço duas artistas talentosas no Youtube: Valéria Weitz do Canal Valéria Trilhas Sonoras e a Luh do Canal Cantinho da Luh.
Realmente, duas Divas das edições de vídeo. Recomendo e vou postar aqui algumas das edições que mais gosto:

Valéria Trilhas Sonoras:








Estas são do Cantinho da Luh:






sábado, 22 de novembro de 2014

Celebridades nossas de cada dia.

De acordo com o dicionário aureliano, celebridade significa : notabilidade, pessoa célebre, coisa extraordinária, fama, renome. Normalmente, chamamos de celebridade as pessoas públicas, por exemplo: atores, escritores, artistas, entre outros profissionais que se destacam e têm notoriedade pública. Nós temos a mesma consideração, porém mais abrangente, ou seja, celebridade para nós são pessoas que exercem sua vida compartilhando seus talentos e embora não tenham a notoriedade pública, colaboram para a beleza e para o conhecimento e serviços úteis nos mais diversos sentidos e aspectos. Assim, criamos aqui o tópico das nossas celebridades.

Nossa Primeira Celebridade:

Liane Amaral Silva:



Entrevista com a Liane:


1- Nome:  Liane Amaral Silveira

 2 Idade- 51 anos

3- Onde você nasceu e onde mora?

Liane: Nasci e vivo em Porto Alegre/RS

 4- Qual é sua profissão?

Liane:  sou funcionaria publica- auxiliar de serviços administrativo

  5- Quais são seus hobbys?

Liane:Dançar e leitura

 6-Quando não está no trabalho, o que você  mais gosta de fazer?

Liane:  dançandoooo eu amo!!! 

7- Onde você trabalha?

 Liane: Departamento de Policia do Interior

 8- Por que você escolheu essa profissão?

Liane: Não escolhi aconteceu

 9- Além desse trabalho, você já exerceu outra atividade?

Liane:Trabalhei no DML - Departamento Medico Legal fazia coferencia de laudos diversos, trabalhei em loja como notista/vendedora

 10 - Quais são suas aspirações para o futuro?

Liane: Como falta pouco para me aposentar, meu sonho é uma loja de flores fazer arranjos, amo flores mexer na terra é ótimo. Ahhh e não podia deixar de falar conhecer Hrithki Roshan e Ajay Devgan hehehehehe sonho mas não impossivel eu acho.

 11- O que você pensa sobre a família?

Liane: É o alicerce a base para nos tornarmos uma pessoa de bem. Mas existe varios tipo de familia eu pelo menos pertenço a algumas, a primeira a que me colocou nesse mundo maluco mas que eu adorooo, a familia que formei meu porto seguro sem meus filhos não sou ninguem amo demais   e a familia que fiz em alguns grupos pessoas diferentes, gostos diferentes e ao mesmo tempo alguns pontos em comum pessoas que conheço virtualmente que considero da minha familia.

 12- O que você pensa sobre o amor?

Liane: Sinceramente, não sei , não tem como explicar, porque isso  se sente não se fala por mais que as pessoas tentem explicar. Mas acho que são variações de  sentimentos em varios momentos de nossa vida .
13- Qual a sua religião?

Liane: Deus.

 14- Fale-nos um pouco sobre a sua personalidade:

Liane: Sou uma pessoa alegre, que gosta de conhecer pessoas fazer amizades independente da idade. Sou sincera, amiga, agora não pensem em fazer mal para as pessoas que amo pq ai viro bicho. Qdo eu gosto, eu gosto mesmo me entrego, não tem gosta mais ou menos comigo é 8 ou 80 hehehehe.Mas tenho um defeito sou como a lua tenho minhas fases, preciso do meu espaço meu momento nem todos entendemtem que gostar mto pra ficar comigo  hehehe Meu trabalho como disse antes não escolhi aconteeceu, mas      adoro o que faço porque conheço pessoas de todo o interior do meu estado, sempre que posso ajudo. Eu trabalho no Departamento de Policia do Interior no protocolo entrada e saida de documentos, eu amo o que faço!!!!!

Abaixo está o trabalho da Liane com fotos. Como se pode perceber, pela entrevista acima, Liane é uma pessoa amorosa e sensível e essas característica se refletem no trabalho que ela faz com fotos.
Depreende-se das repostas da Liane, especialmente  o projeto futuro de trabalhar com flores, que sua alma é perfumada e seu coração é colorido, o que torna o seu trabalho destacado, conforme se pode ver a seguir: